Receita de ceviche peruano com um toque brasileiro

Salve galera!

Estou desde o início do ano fazendo uma “dieta” chamada whole30. Confesso que por vezes dou uma escapulida ou outra mas no geral tem sido uma boa experiência de reeducação alimentar. Desde o início tentei aplicar algumas receitas mais saborosas seguindo as restrições da dieta e isso até me fez comer melhor. Guacamole, ratatouille e ceviche passaram a fazer parte do dia a dia.

Mas vamos ao que interessa. Essa semana fiz um ceviche que chamei de peruano com toque brasileiro pois apesar de usar o peixe “oficial” dos hermanos de lá (linguado) e camarões (nem tão oficial) inseri dois ingredientes que não são, digamos, peruanos: tilápia e lagosta sapateira (veja no fim do post vídeo que ensina como abrir e limpar). Usei também pepino que não á muito comum (serviu para dar mais crocância ao prato) e o pimentão vermelho para dar doçura e uma cor vermelha (pois não usei a tradicional pimenta dedo de moça). Ceviche é um tipo de prato chamado de cocção a frio onde o peixe cozinha pela ação da acidez do limão (através do tal do leite de tigre) e é muito interessante para dias mais quentes e harmoniza muito bem com vinho branco e espumantes.

Os ingredientes para dois pratos são:

- 8 camarões grandes e limpos;

- 1 lagosta sapateira com carapaça e tudo (para o caldo de peixe) e apenas a carne de de 4 delas (veja como abrir e limpar no fim do texto).

- 5 filés de linguado (filés pequenos). Não usei posta pois queria tiras rústicas e mais finas e não cubos (chamado de tiraditos). Isso fica à gosto mas vai uma dica: usar tiras apressa o cozimento do peixe pelo "leite de tigre";

- 8 filés de tilápia;

- suco de 10 limões taiti (tem um método certo para cortar e espremer);

- suco de uma lima da pérsia;

- meio pepino sem sem casca e sem semente cortado em cubos pequenos. Dica mais dar mais crocância ao pepino: antes de cortar em cubos coloque em um pote com sal grosso, tampe e coloque na geladeira por uns 5 minutos. Retire e lave. O sal ajuda a extrair parte da água do pepino;

- meio pimentão vermelho sem caroços cortado em cubos;

- 2 cebolas do tipo roxa;

- aipo;

- 3 dentes de alho amassados com casca e tudo (para aromatizar o leite de tigre);

- sal a gosto (pouco!);

- pimenta branca moída (a gosto);

- grãos de coentro moído (a gosto);

- folhas de coentro picadas grosseiramente;

- 1 milho verde em lata (ou caso queira se aventurar ainda mais cozinhe ele você mesmo e debulhe)

Preparados? Mãos à obra!


PASSO 1 - FAZER O CALDO RÁPIDO DE PEIXE


Essa é a base de sabor do leite de tigre. Colocar em uma panela: 500 ml de água, meia cebola cortada grosseiramente (com casca e tudo), gengibre com casca e tudo (pouco), coentro picado, 1 dente de alho com casca e tudo, tiras de 1 filé de tilápia, 2 filés de linguado e 1 lagosta sapateira cortada ao meio e limpa mas com casca e tudo. Fogo médio por no máximo 6 minutos. Após coe 2 vezes e reserve para esfriar.




PASSO 2 - FAZER O LEITE DE TIGRE:

Coloque o em um liquidificador: 2/3 do caldo de peixe, 1 colher de sal, pimenta branca moída, coentro picado, aipo picado, meia cebola corta grosseiramente (sem casca), suco de 8 limões taiti, suco de uma lima da pérsia (sem os caroços!), gengibre (dessa vez sem casca), 2 dentes de alho sem casca, 4 cubos de gelo e 1 filé de tilápia + 2 filés do linguado. Bater por NO MÁXIMO 30 segundos (pare com 15seg e prove para ver como está sal e pimenta). Coar 2 vezes e reservar.


PASSO 3 - BASE DO CEVICHE:


Em um recipiente misture o milho verde, coentro picado, meia cebola roxa picada, pimentão vermelho em cubos, pepino em cubos. Adicione 1/3 do leite de tigre e misture.


PASSO 4 - PRÉ COZIMENTO DOS FRUTOS DO MAR:

Em um recipiente use o 1/3 que sobrou do caldo de peixe e adicione suco de 2 limões taiti. Coloque nesse líquido os peixes que sobraram (cortados em tiras), os camarões e a lagosta sapateira (apenas a carne já limpa e cortada em cubos). Deixe por no máximo 40 segundos.

PASSO 5 - FINALIZAÇÃO:

Misture os frutos do mar sem o líquido (PASSO 4) na base do Ceviche (PASSO 3). Coloque a mistura em um prato fundo e adicione mais do leite de tigre para finalizar o cozimento a frio. Finalize com coentro e cebola roxa. Abra um vinho branco (de preferência comprado no GastrôMix Shop e seja feliz!

Aqui vai uma observação: com uns 2 minutos a acidez do limão já faz o trabalho dela e cozinha os frutos do mar no ponto ideal (você pode ver eles mudando de cor).



E não esqueçam de me marcar em suas preparações nas redes sociais! #CozinhaDoEduLemos




Como abrir e limpar Cavaca, Lagosta Cavaca ou Lagosta Sapateira:

Cavaca é um crustáceo de sabor maravilhoso, muito semelhante à lagosta tradicional mas custa 1/3 do preço da lagosta. Muitas pessoas deixam de comprar por medo de não conseguir abrir a carapaça que realmente é muito dura. O vídeo mostra uma forma simples e rápida de abrir usando uma tesoura culinária e uma faca. Tente! Você não vai se arrepender!









Posts Em Destaque
Posts Recentes
<