Valuation. O que é e como apurar?

Extenção do vídeo "Valuation" da série Descomplica Shark




Fonte: https://www.comececomopedireito.com.br/ e https://www.controlenanet.com.br/


Como calcular o valuation de uma empresa em 3 métodos


Existem diferentes formas de calcular o valuation de uma empresa, que significa basicamente estimar o valor de um negócio no mercado.

O termo valuation pode ser traduzido para o português como “avaliação” – no caso, a avaliação do valor real da organização.

Conheça os métodos mais utilizados.





Valuation pelo fluxo de caixa descontado


O valuation pelo fluxo de caixa descontado (FCD), também conhecido como valuation por renda, se baseia nos resultados financeiros da empresa comparados aos seus riscos em longo prazo.

A principal ideia desse método é que a empresa vale o que se mostra capaz de gerar em receita para os seus sócios no futuro.

Para fazer o cálculo, é preciso seguir três etapas:

  1. Estimar o fluxo de caixa da empresa nos próximos períodos (tudo o que for recebido menos os gastos do negócio)

  2. Definir uma taxa de desconto, que funciona como uma “taxa de juros ao contrário”, ou seja, desconta uma porcentagem de acordo com o risco do negócio e a comparação com outros investimentos como a bolsa ou renda fixa (custo de oportunidade

  3. Trazer os resultados para o valor presente e aplicar a taxa de desconto.

No caso, esse método funciona melhor para empresas que já estão obtendo lucro e possuem um histórico que permite projeções financeiras mais precisas.


>> CLIQUE AQUI E VEJA EXEMPLO PRÁTICO DE COMO CÁLCULAR FLUXO DE CAIXA DESCONTADO <<



Valuation pelo mercado

O método de valuation pelo mercado, ou valuation por múltiplos de mercado, considera que negócios semelhantes possuem valores próximos.

A tese é que, se uma empresa foi vendida por um múltiplo de “X” no passado, significa que uma empresa do mesmo segmento, com taxas de crescimento semelhantes, poderia ser vendida por um múltiplo parecido.

Isso, é claro, se as condições de mercado se mantiverem estáveis e os negócios forem comparáveis do ponto de vista de indicadores, como lucro, EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e rentabilidade.

É uma forma mais simples e não tão precisa de estimar o valor de uma empresa, mas pode ser útil para startups que não possuem um longo histórico para a realização de projeções.

Para aplicar o valuation pelo mercado, você pode escolher entre os múltiplos:

  • Múltiplos de lucro: é calculado o preço por ação, dividindo pelo lucro por ação e, por fim, comparando o resultado com o de outras empresas de capital aberto

  • Múltiplos de faturamento: é estimado um preço a partir do faturamento de um determinado período (por exemplo: a startup vale 5 vezes o que fatura no mês)


Valuation pelos ativos da empresa

Por fim, o valuation calculado pelos ativos da empresa leva em conta seu patrimônio líquido.

Para calcular o valor patrimonial, é preciso usar a seguinte fórmula:

  • Patrimônio líquido = ativos – passivos

No caso, ativos são todos os bens, direitos e valores que uma empresa possui ou deve receber, como o dinheiro em caixa, contas a receber, imóveis, máquinas, veículos, patentes de produtos e outros.


Já os passivos são todas as obrigações financeiras e dívidas, incluindo a folha de pagamento, impostos, financiamentos, empréstimos e aluguéis.

Dessa forma, o valor da empresa será avaliado pelas riquezas que ela acumula de fato, descontadas suas dívidas e obrigações.

Esse é um método de valuation bastante usado por empresas que não se encontram em uma boa fase financeira, mas possuem um patrimônio considerável.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square