Eduardo Lemos comenta sobre como declarar IR de ações judiciais e critica a atuação da Receita Federal nesses casos

Eduardo Lemos trata sobre os graves problemas enfrentados por contribuintes nas declarações de valores recebidos acumuladamente em ações judiciais e como tanto o programa de IR como os servidores da Receita Federal auxiliam para tumultuar mais ainda o ambiente. O programa de IR por não proporcionar cálculo automático de um procedimento legal que é a diminuição dos honorários advocatícios pagos ao advogado da base de cálculo do IR e os servidores por muitas vezes sequer conhecerem essa prerrogativa legal do contribuinte. Resultado? Muitas vezes a vida do contribuinte vira um verdadeiro inferno tendo em vista as dificuldade impostas pela Receita Federal em procedimentos de malha fina.

 

Clique na imagem abaixo e leia artigo escrito por Eduardo Lemos explicando sobre o tema e sobre como fazer a declaração de forma correta:

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Começa dia 02 de Março o prazo para enviar a Declaração IRPF 2020. Prepare-se!

February 21, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags