Eduardo Lemos comenta sobre recolhimento de INSS em ações trabalhistas


Muitas empresas e advogados acreditam que somente pagar o valor do INSS no processo trabalhista finaliza o procedimento entretanto não é bem assim.

Conforme artigo 105 da IN-RFB 971/2009 os valores recolhidos de INSS devem ser alvo de GFIP-SEFIP retificadora sob pena de ficarem "perdidos" no sistema. Tal situação faz com o que o Reclamante não aproveite os valores recebidos na ação trabalhista em um eventual benefício previdenciário futuro, o que não raro leva a interposição de uma nova ação, de danos morais, contra a empresa.

Clique AQUI e assista ao vídeo completo no canal de Eduardo Lemos do YouTube.

Quer fazer sua GEFIP-SEFIP retificadora de ação trabalhista mas não sabe como? Procure o segmento de Contabilidade do Grupo QUALICONT (contabilidade@qualicont.com.br).

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Eduardo Lemos é Contador (CRC 116.256), Administrador de Empresas (CRA 20-69519-5), Pós Graduado em Auditoria e Controladoria, Perito Contábil (CNPC/CFC 5280),  Professor Universitário, Empresário, Empreendedor e Amante de Vinhos e Gastronomia. Clique e saiba +

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram