Hoje é dia de geleia, e vocês vão se amarrar!

As geleias com certeza estão dentro de uma categoria denominada de "coisas fáceis de fazer que parecem extremamente difíceis".

Umas semanas atrás fui visitar minha mãe e me deparei com umas últimas amoras ainda no pé. Pensei em como seria legal acabar o domingo com uma sobremesa gostosa (sou meio maluco e só como sobremesa antes de dormir...) mas lembrei que minha geladeira não tinha nada doce e gostoso (a não ser uma solitária pera uns espumantes moscatel). Lá fui eu catar as amoras. Resolvi inventar um pouco e colhi também uns frutos maduros de café (não, minha mãe não mora em um sítio...rs).

Achei que usar somente as amora e café seria meio arriscado pois a quantidade era pequena e o gosto do café meio "particular"...lá se foi então a solitária pera junto! Sim! Amoras, café, pera e muito amor!

A coisa toda é muito fácil. Meu modo de preparo é um pouco diferente do que você lê por aí mas...viva a diferença! Vamos lá:

1. Lave as frutas e corte a pera em cubos grandes. Eu optei por não retirar as sementes do café pois pensei em uma geleia com pedacinhos do grão e o gosto particular dele ao morder.

2. Escolha como deseja temperar sua geleia. Somente frutas? Especiarias? Pimenta? eu optei por temperar bem e usei grãos de coentro, gengibre e grãos de pimentas do reino e branca. Dei uma leve tostada nos grãos "liberar" os sabores.

3 . Coloque as frutas e os temperos em uma panela com água (1 e 1/2 xícara chá de água) e açúcar (1/2 xícara chá de açúcar). Quanto ao açúcar eu usei o refinado mas você pode usar o mascavo, demerara, à gosto do freguês).

3. Quando levantar fervura coloque em fogo baixo e deixe cozinhar por 20 a 30 minutos (panela destampada) mexendo de vez em quando.

4. Coloque o conteúdo da panela no liquidificador ou use um mix e bata até formar um tipo de pasta.

5. Retorne a pasta à panela, pingue o caldo de meio limão (taiti) e deixe cozinhar em fogo médio pois mais uns 5 minutos, mexendo de vez em quando (mas de vez do que de quando). O limão é uma dica hein! A acidez dele diminui o PH da mistura e serve para obter o processo de "geleificação".

5 - Voilà! Está pronta nossa geleia! Se você for guardá-la transfira a geleia (ainda quente) com ajuda de uma concha (mais fácil!) para um pote limpo ou, como dizem, esterilizado. Não encha o pote até a boca, deixe um dedo mais ou menos livre. Feche o pote e deixe o resto por conta de nosso amigo vácuo.

No meu caso eu servi a geleia com uma rabanada simples de baunilha e bacon (breve!). Pronto! Agora sim estava preparado para assistir ao novo capítulo daquela série de zumbi!

Se for fazer essa geleia ou outra não esqueça de me mandar fotos e vídeos! Não concorda com o meu passo a passo? Pode criticar! Viva à democracia! Saúde, paz e geleia para você!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Eduardo Lemos é Contador (CRC 116.256), Administrador de Empresas (CRA 20-69519-5), Pós Graduado em Auditoria e Controladoria, Perito Contábil (CNPC/CFC 5280),  Professor Universitário, Empresário, Empreendedor e Amante de Vinhos e Gastronomia. Clique e saiba +

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram