Pílulas de Imposto de Renda

MENU RÁPIDO

Olá!

Dia 02 de Março 2020 começa o prazo para envio a Declaração IRPF. É um momento difícil e que demanda muita atenção e cuidados haja vista que ano após ano o Fisco se mostra mais voraz e rápido em seus cruzamentos de dados. Pensando em sua segurança fiz abaixo um apanhado de informações, artigos e vídeos relacionados ao universo do IRPF.

Se você é advogado(a) ou se você é contribuinte e recebeu valor de ação judicial em 2019 (principalmente trabalhista) tenha cuidado redobrado! Leia com atenção as informações abaixo sobre este procedimento pois ele deve ser feito de forma bem especializada pois do contrário pode trazer muita dor de cabeça. Clique aqui e saiba mais sobre esse procedimento.

Saúde e paz.

Eduardo Lemos

 

Vídeos sobre IRPF

Você é autônomo, recebe mais do que 5 mil por mês e não tem PJ? Está PERDENDO dinheiro!

É possível aumentar o valor de um imóvel na declaração de imposto de renda?

Conheça as regras de isenção para IR em ganho de capital na venda de imóveis.

Recebeu valores de ações trabalhistas em 2018? Se prepare para o IRPF 2019!

MEI também tem que pagar imposto de renda como pessoa física? Talvez sim!

Eduardo Lemos comenta sobre IR em ações judiciais e critica atuação da Receita Federal

 

Artigos sobre IRPF

Veja como informar corretamente os valores recebidos em Ações Trabalhistas na declaração de IRPF.

Aprenda a declarar corretamente para RFB os valores recebidos de ação judicial trabalhista.

Clique [aqui] para ler matéria completa

Como declarar moedas virtuais em seu Imposto de Renda.

Algumas considerações sobre o tratamento fiscal dado pela Receita Federal a esse recente tipo de investimento financeiro (bitcoins, litecoins, etc) e algumas precauções necessárias.

Clique [aqui] para ler matéria completa.

Sou MEI. Devo declarar Imposto de Renda?

Uma dúvida recorrente para quem é Microempreendedor Individual (MEI) é se necessita realizar declaração anual de imposto de renda e se paga algum imposto sobre valores recebidos como MEI. A resposta é talvez.

Clique [aqui] para ler matéria completa.

Eduardo Lemos inicia agendamento para declarações IRPF de contribuintes que receberam ações trabalhistas em 2018

A partir do próximo dia 21/01/2019 Eduardo Lemos começará período de agendamento para as 30 vagas anuais para confecção de declarações de IR Pessoa Física relativas a contribuintes que receberam valores em ações trabalhistas durante o ano de 2018.

Clique [aqui] para ler matéria completa.

Comprou imóvel e vai reformar? Guarde as notas fiscais pois essa é uma das únicas formas de reajustar seu valor no Imposto de Renda

Clique [aqui] para ler matéria completa.

Advogados devem emitir notas fiscais ao receberem honorários de sucumbência?
Soluções de Consulta de São Paulo e Recife apontam na direção da necessidade de emissão de notas fiscais em recebimentos a título de honorários sucumbenciais

Clique [aqui] para ler matéria completa.

 

IRPF em Ações Judiciais

Se você recebeu valores em ações judiciais (trabalhistas, cíveis ou federais) ao longo de 2018 deve fazer a declaração desses valores ao Fisco. O positivo é que declaração pode ser feita pelo procedimento chamado de "Rendimentos Recebidos de Forma Acumulada" o que pode diminuir ou até zerar um eventual imposto de renda a pagar. O negativo é que essa declaração se não for bem feita pode gerar uma enorme dor de cabeça aos contribuintes.

Por minha experiência ao longo de quase 10 anos de atuação em serviços desta natureza o primordial, além do serviço ser feito por alguém minimamente qualificado neste tipo de serviço, é que todos os lançamentos sejam embasados estritamente em elementos constantes no processo judicial e que sejam comprovados em um manual.

Nos serviços por mim prestados desta natureza, por exemplo, há o cuidado de fazer um manual explicativo para o contribuinte onde constam as fontes de consulta de todos valores lançados, inclusive com imagens reais do processo judicial. Além do manual há uma mensagem técnica direcionada ao Auditor Fiscal (para o caso de meu cliente cair em malha fina) explicando qual a base legal que ampara os procedimentos realizados.

Existe também uma forma de aumentar a restituição de IR com base na diminuição do valor pago a título de honorários advocatícios contratuais. Isso é explicado em um dos artigos acima. É um procedimento absolutamente lega e autorizado pela Receita Federal mas pouco conhecido pelos profissionais que realizam IRPF.

Caso precise de auxílio, tenha dúvida ou queira um orçamento para este serviço fale comigo em eduardo.lemos@qualicont.com.br ou use o Fale Conosco do site.

Boa declaração!

Eduardo Lemos